Carrinho

4 sinais de que você está estressado com o trabalho – e como mudar

Estresse o grande inimigo da saúde

Se tem uma coisa que muita gente conhece bem nos dias de hoje, é a sensação de estar constantemente agitado, seja com tarefas pendentes no trabalho, com a família, por não ter tempo de sobra.

Esse é o retrato básico de uma pessoa estressada. Em quadros graves, o estresse é um grande inimigo da saúde – podendo provocar até cardiopatias.

4-sinais-de-que-voce-esta-estressado-com-o-trabalho-e-como-mudar

Quando ele começa a dar sinais na rotina diária é hora de prestar atenção e mudar certos parâmetros urgentemente.

Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Maryland estudaram vários sintomas do estresse; muitos tinham a ver com a vida no escritório.

O bom é que os pesquisadores indicaram formas de espantar o estresse em quatro situações típicas de quem está a beira de um ataque de nervos com o trabalho. Você está nessa onda?

Perde a concentração facilmente?

Os médicos  explicaram que a longa exposição ao cortisol alto (hormônio ligado ao estresse) pode afetar o hipocampo, a parte do cérebro responsável pela memória. Começa-se a esquecer informações simples e compromissos marcados, por exemplo.

Uma forma de “voltar a si” é perceber esses lapsos, parar por alguns minutos e prestar atenção na respiração, inalando e soltando o ar com calma. Isso ajuda a controlar batimentos cardíacos e pressão arterial – dominando melhor as sensações.

Sente dores constantes na cabeça, pescoço e costas?

Isso pode acontecer em momentos de tensão, mas quando se torna algo recorrente e muito doloroso – como mencionar “a pior dor de cabeça que já senti na vida” – a questão pode ser grave e acarretar sérios problemas de saúde. Nesse caso, os pesquisadores recomendam procurar terapias como acupuntura, ioga ou massagens. Às vezes, apenas tomar a iniciativa de se tratar já começa a resolver o problema.

Tem problemas com o sono?

Não, não é normal demorar a pegar no sono ou acordar no meio da noite remoendo problemas, dificuldades com chefes e colegas. Ir para a cama precisa ser uma atividade de renovação, de relaxamento.

Se isso não está acontecendo, é recomendável reavaliar as refeições do jantar (comer mais leve), evitar o uso de eletrônicos na cama e colocar atividade física na rotina – essa última, um santo remédio para “filtrar” o estresse.

A vida pessoal está prejudicada?

Esse talvez seja o sintoma mais cruel do estresse no trabalho. Muitas vezes, esse estado de atribulação acaba afastando amigos, familiares,  e os momentos de diversão e reflexão.

Para esse sintoma, os médicos indicam, mais do que métodos clínicos, a comunicação: dividir os problemas ajuda a identificar os focos de estresse e pode diluir bastante esse grande mal da vida moderna.

3 comments

  1. […] que você ative o seu potencial criativo. E, mais importante que isso, colorir ajuda aliviar a tensão e ansiedade. É uma atividade que faz você voltar à infância, aquela época em que tudo era mais simples. O […]

  2. […] dispersa? É hora e relaxar! Mas o que acontece quando até mesmo pensar em reservar um tempo para desestressar e ficar zen te deixa […]

  3. […] sono reduzido, atribulado e que não revigora o corpo e a mente implica em estresse. O coração também sofre com isso. Especialistas nos ciclos circadianos (o ritmo do sono) dão […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.